A Anvisa realizou nesta quinta (18/4) reunião para discutir critérios para definição de especificações de ingredientes alimentares que não estejam estabelecidas em referências reconhecidas pela Agência. 
A discussão faz parte das ações de implementação do marco normativo de Suplementos Alimentares, publicado pela Anvisa em julho de 2018.
O Coordenador da Farmacopeia Brasileira, Arthur Lopes, participou da reunião e apresentou as competências da Agência na revisão e atualização periódica da Farmacopeia. Em seguida, houve a participação da US Pharmacopeia, que esclareceu sobre o processo de desenvolvimento de monografias pela entidade americana.
“As especificações possuem a finalidade de padronização e identificação inequívoca do material, sendo requisitos fundamentais a pureza, a variabilidade e a validação de métodos de análise dos ingredientes alimentares”, explicou Lígia Schreiner, Gerente de Avaliação de Risco e Eficácia. 
Os participantes terão a oportunidade de apresentar suas considerações ao documento orientador elaborado pela GGALI, o qual posteriormente comporá um Guia sobre as práticas recomendadas. 

 





Fonte

0 Comentários

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido