A Vigilância Sanitária estadual do Amazonas (FVS-AM), em conjunto com a Vigilância municipal de Manaus e a Anvisa, realizaram um projeto de¿treinamento de agentes de vigilância sanitária de municípios estratégicos no interior do Amazonas.  O objetivo é fortalecer as ações descentralizadas de fiscalização e monitoramento dos estabelecimentos de sangue.  

Segundo monitoramento da Agência, cerca de 9% dos estabelecimentos de sangue no Brasil estão em situação crítica de risco. A grande maioria se encontra na região Norte. A ação teve início com a 1ª Oficina de Boas Práticas de Inspeção em Agências Transfusionais, entre os dias 7 e 10 de maio, em Manaus (AM), com a participação de representantes da Anvisa.    

Oficinas 

A proposta do projeto é realizar nove oficinas nos polos regionais do estado, com foco em conhecimentos teóricos e práticos. As oficinas regionais serão coordenadas pela Vigilância Sanitária local, com apoio técnico da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam). Assim como na capacitação realizada em Manaus, a Anvisa participará das oficinas regionais de Parintins e Tabatinga.  

Além da formação de técnicos de vigilância sanitária para inspeções em sangue,¿será possível realizar um diagnóstico de como estão estruturadas as agências transfusionais e¿os núcleos de hemoterapia existentes no interior do estado, de forma a permitir a intervenção no risco sanitário. 





Fonte

0 Comentários

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido