A Anvisa participou, entre os dias 12 e 14 de março, de um curso de formação para inspeções em navios de passageiros com base no manual europeu para normas de higiene e vigilância de doenças transmissíveis. A atividade foi realizada a bordo do navio Celestyal Olympia, ancorado no porto da cidade de Pireus, na Grécia.   

Além de orientar e capacitar profissionais de vigilância sanitária em padrões de inspeção europeus, o curso também tratou de questões como respostas a eventos de saúde pública de forma efetiva e proporcional aos riscos encontrados.   

A programação abarcou uma visão completa de todas as áreas envolvidas em uma inspeção de navio de cruzeiro, tais como segurança alimentar e da água, vigilância de doenças transmissíveis em navios de passageiros e controle de gestão de surtos, manejo de resíduos sólidos, entre outros temas. O curso também contou com atividades práticas de inspeção.   

O Training Course on Inspections According to the European Manual contou com a participação de especialistas na área, como Jaref Travis e Charles Otto, dos Estados Unidos (EUA), e o professor Christos Hadjichristodoulou e a doutora Barbara Mouchtouri, da University of Thessaly Medical School, da Grécia.  

Ao todo, 60 pessoas participaram do curso, sendo 24 inspetores de navios representando 11 países europeus e o Brasil. A Anvisa foi representada pelos servidores Carlos Russo e Rodrigo Machado, ambos do Posto de Vigilância Sanitária em Portos, Aeroportos e Fronteiras da cidade de Santos (SP).   

O programa do curso de formação foi organizado pela Associação Científica Europeia para a Saúde e Higiene no Transporte Marítimo (SHIPSAN), da União Europeia. Ao final do curso, os representantes da Anvisa receberam um troféu por terem se destacado em atividades durante o treinamento.   





Fonte

0 Comentários

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido